Pesquisa personalizada
Mostre-me um exemplo Coloque a tag META após a tag e antes da tag Meu título conteúdo da página

sexta-feira, 6 de julho de 2007

ENCONTROS VOCÁLICOS: HIATO, DITONGO E TRITONGO

Quando você foi alfabetizado, você aprendeu que:

- a e i o u – são as vogais!
- B c d f g h j l m n p q r s t v x z – são as consoantes!


Muito bem, está corretíssimo! Você sabe por que umas são chamadas vogais e outras consoantes?
É muito fácil! Quando você fala, o ar sai pela boca, claro! Bem, ao pronunciar as vogais o ar sai livremente pela boca, já as consoantes não ( há obstáculos: dentes, lábios, língua). Faça o teste, observe que ao dizer as vogais o ar não passa por nenhum obstáculo, diferentemente das consoantes!
Legal, né?!
Bem, vamos voltar à nossa aula.

Então, você aprendeu o que é vogal e o que é consoante.

Preste atenção nestas palavras: SOU e MÁGOA

Pronuncie em voz alta essas palavras e observe atentamente o som da letra O em cada uma.
Você percebeu que o som é diferente? sim
Você percebeu que na primeira o O parece mais forte? sim
Você percebeu que o O da segunda palavra tem som de U ? sim
“E agora, José?”

Será que um desses Os não seria uma consoante???? Claro que não!
Mas você concorda comigo que não posso dar o mesmo nome para esses Os, não é?
SOU- neste caso o som é forte, então é mesmo de uma VOGAL!
MÁGOA- neste caso o som é fraco, mas nem por isso será uma consoante, o som é de uma QUASE VOGAL- o que chamaremos de SEMIVOGAL!


Agora você aprendeu que também existe a semivogal.
Você deve se lembrar que as palavras são divididas em sílabas e que o núcleo da sílaba é sempre uma vogal. Logo, é possível que uma sílaba seja composta somente pela vogal, mas NUNCA será uma sílaba em língua portuguesa, se não houver uma vogal.
Exemplo : a – mor = divisão correta
ps - i- co-lo-gi-a = divisão errada- não existe sílaba sem vogal.
Entendeu? Mas não se esqueça de que só cabe UMA VOGAL em cada sílaba.
Ora, mas e neste caso:
lei – te - neste caso, o i não é vogal, mas é uma semivogal, por isso, ele pôde e deve ficar na mesma sílaba que a vogal e.
A semivogal sempre estará com uma vogal na mesma sílaba.

ENCONTROS VOCÁLICOS

Ao observar uma palavra, você deve ter muito cuidado quando encontrar uma seqüência de vogais. Exemplo: Paraguai, Tuiuiú, piano, moita, etc.
Estamos trabalhando dentro da FONOLOGIA, que é o estudo do som. Portanto, trabalhamos com algo muito delicado ( o som), por isso, a necessidade de muita atenção.


Para relaxar um pouco...

Era uma vez um HOMEM muito sozinho, triste que vivia caminhando por entre as linhas dos livros, revistas, folhetos, folhetins......
Seu nome era senhor VOGAL! Senhor Vogal era um homem reto \ , direito /, porém sentia muita solidão!
Um belo dia, enquanto seguia seu caminho no mundo das letras, deparou-se com as curvas S da senhora SEMIVOGAL- uma donzela: doce, frágil, fraquinha, que nunca poderia viver sozinha. A senhora SEMIVOGAL sempre deve estar acompanhada de um senhor forte como o senhor VOGAL.
Imediatamente se apaixonaram e se entrelaçaram para toda eternidade.
Sr. VOGAL não conseguia se conter e imediatamente a pediu em casamento.
Eles se casaram, tiveram muitas palavras e ficaram juntos para sempre.



Você leu um conto de fada.

E nos contos de fada, pode haver separação do casal?
Claro que não, né?!Então, para nunca mais esquecer:
o sr. Vogal e a sra. Semivogal fazem parte de um conto de fada- NUNCA SE SEPARAM!

Continuando com nossa brincadeira séria...

Seria normal o sr. VOGAL casar com outro sr. VOGAL nos contos de fada?

Hoje em dia, na vida real pode até se casar, mas nos contos de fada, NÃO!

Nos contos de fada encontramos um homem se casando com uma mulher e não com outro homem!

Certo até aqui?

Então vamos transpor nossa história para a gramática:

Toda vez que o sr. Vogal encontrar a Sra SEMIVOGAL , deverá ficar com ela na sílaba.NÃO SE SEPARAR NUNCA!!!!É O CASAMENTO TRADICIONAL!!!

Toda vez que o sr. VOGAL encontrar outro sr VOGAL, deverá ficar SEPARADO, cada um em uma sílaba!

Como saber se é VOGAL ou SEMIVOGAL?

Só há um jeito...pelo som!

A letra ‘a’ sempre será uma vogal.
Mas as letras ‘e,i,o,u’ podem ser vogais ou semivogais.
Se forem bem pronunciadas- serão vogais, mas se forem fracas- serão semivogais.

Exemplo: his-tó-RIA -

observando o IA- já sabemos que o A é sempre o sr. Vogal .
E o I? Será também o sr Vogal ou será a doce sra Semivogal???

Para saber, leia em voz alta deixando o I bem forte e observe se é assim que você falaria normalmente.

Você fala: histór I a ou histór i A ?

é claro que falamos histór i A- porque o I nessa palavra é uma semivogal!
Ocorreu DITONGO. Logo, a separação silábica ficará assim: HIS – TÓ- RIA

Outro exemplo: psi- co – lo- gIA -

observando o IA- já sabemos que o A é sempre o sr. Vogal.
E o I? Será também o sr Vogal ou será a doce sra Semivogal???

Para saber, leia em voz alta deixando o I bem forte e observe se é assim que você falaria normalmente.

Você fala psicolog I a ou psicolog i A ?

é claro que falamos psicolog IA- porque o I nessa palavra é uma vogal.

Ocorreu HIATO. Logo, a separação silábica ficará assim : PSI – CO – LO –GI –A

Observe a palavra ‘beato’- como o ‘e’ é bem pronunciado!

o ‘a’ sempre é vogal e esse ‘e’ também é uma vogal, sendo assim, ocorreu HIATO: BE-A-TO


Agora para lembrar os nomes:

Sr. VOGAL e sra. SEMIVOGAL - casal – Dois – D ITONGO

Sr. VOGAL e sr VOGAL - Homens com H - H IATO

- E o tritongo, prof?

Bem, o tritongo é o homem safado, aquele que fica sempre no MEIO de duas mulheres frágeis, coitadinhas!

sra SEMIVOGAL sr VOGAL sra SEMIVOGAL


Lembre-se:

o TRITONGO é a seqüência – semivogal, vogal, semivogal- sempre nessa ordem.

Exemplos: PA-RA- G U A I U- RU – G U A I

Gostou da brincadeira?

Agora fica mais fácil compreender os encontros vocálicos.

Ao se deparar com um encontro vocálico, torna-se necessário reconhecê-lo primeiro. Ele pode ser um destes três:

Hiato- é o encontro de duas vogais e, obviamente, deverão estar em sílabas separadas.

Exemplo: pi - a - no

Ditongo- é o encontro de uma vogal com uma semivogal e deverão estar em uma mesma sílaba. Exemplo: moi – ta

Podem ser:
- ditongo crescente- é o encontro de uma semivogal com uma vogal. Exemplo: gênio
- ditongo decrescente- é o encontro de uma vogal com uma semivogal. Exemplo: cai

E ainda podem ser:
- ditongo oral- a corrente de ar sai somente pela cavidade bucal.§ Exemplo: moita, gênio, cai, etc.
- ditongo nasal- a corrente de ar sai pela cavidade bucal e pelas fossas nasais.§ Exemplo: mãe, mamão, dispõe, muito, etc.

ATENÇÃO: as terminações –am e –em podem ser consideradas ditongos nasais decrescentes em palavras como: amam, falam, além, também, etc.

Tritongo- é o encontro de uma vogal com duas semivogais e deverão estar em uma mesma sílaba. Exemplo: Pa- ra- guai

Aprender para quê?
Saber distinguir vogal e semivogal é muito importante para a sua produção de texto. Além das questões tradicionais sobre os encontros vocálicos, você precisa saber esta matéria para separar e acentuar corretamente os vocábulos*. Então, já viu, né? Se não entender direitinho este conteúdo, você corre o risco de estar fazendo uma redação e separar errado ao mudar de linha e, ainda, não acentuar direito.

* é o mesmo que palavra

IMPORTANTE

Se você procurar ‘cárie’ e ‘série’ no dicionário Aurélio, você encontrará assim:

Cá-ri : e Sé- ri : e Ín – di :o Pá – tri : a Pá – ti : o ( o sinal ‘ : ’ marca encontro vocálico não caracterizado perfeitamente como hiato ou como ditongo ) Miniaurélio Século XXI Escolar - alguns encontros vocálicos átonos – observe que o encontro vocálico não está na sílaba tônica- podem oscilar entre hiato ou ditongo.


Por isso você achou confuso um ser hiato e outro ser ditongo, na verdade os dois ora são pronunciados como hiatos, ora como ditongos. A tendência é pronunciá-los como ditongo. São chamados de instáveis: -ia, -ie, -io,-ua,-eu,-uo (átonos)



Se ainda tem dúvidas...pergunte, tá?! Beijos!

36 comentários:

waldson disse...

Seu Tutorial foi de grande ajuda, obrigado.
Você me salvo
até mais ^^

Cecilia disse...

Adorei, agora ficou mais fácil explicar para o meu filho de 8 anos. Obrigada. Cecilia

reverbera crítica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
reverbera crítica disse...

Estudar para um concurso nacional é desencavar o osso velho em um buraco adubado.
Adorei,Diellen.

Flipontrackstress@hotmail.com

daniele disse...

Olá professora

Poderia esclarecer melhor essa história de " ditongo instável"? Como eu faço para resolver, por exemplo, uma questão do tipo: " indique a alternativa cuja seqüencia de vocábulos apresenta, nessa ordem, ditongo-hiato-ditongo"

Um grande abraço

NATI disse...

Olá professora,

Vc poderia me explicar com palavras simples o encontro vocálico????

Obrigado,
Pense com carinho preciso da resposta até dia 10/11/2008!!!

Anônimo disse...

PROFESSORA, LEGAL,AGORA ENTENDI!
OBRIGADA, VC É 10 (DEZ).

AGORA VOU TIRAR DEZ NA PROVA, CONVERSO DEPOIS COM A SENHORA!
EDUARDO (PORTO VELHO- RO)

Anônimo disse...

PROFESSORA,SOU DE NOVO O EDUARDO, TENHO PROVA HOJE, E QUERO UMA EXPLICAÇAO CLARA SOBRE O QUE É PREPOSIÇÃO.
POR FAVOR ME RESPONDA RÁPIDO NÃO QUERO TIRAR ZERO.
EDUARDO- ´PORTO VELHO

Anônimo disse...

Olá professora nao entendi nada me desculpe sou meia lenta para entender pode me explicar melhor por favor plisssssssss bjs

Jackie Freitas disse...

Olá minha aMMMiga querida!!!
Eu adoro a forma simples e prática, com exemplos fáceis de compreensão, que você nos ensina! Já sei que qualquer emergência, corro pra cá para receber essas aulas preciosas, afinal a nossa língua está cheia de regras e "segredinhos"...rsrsrs
Grande beijo, minha teacher querida!
Jackie

vidarealdasam disse...

Olá bela Della !!!

Que maravilha este espaço !!

Adoro a língua portuguesa e estas explicações estão ótimas, bem claras e objetivas !
Amei !!

Grande beijo !!

Neusa Fiesta disse...

Della, este seu blog é um show! Excelente a sua iniciativa de passar um pouco de seu conhecimento a respeito de nossa tão ultrajada e violentada Língua Portuguesa!

Anônimo disse...

Olá, Professora.
Então a divisão silábica de Sério é Sé-rio e não Sé-ri-o?
Obrigada.

hadassa disse...

prof cecilia comtinui fazendomais leituras de ditongo

Daniela disse...

Maravilhosoooo! Amei a explicação tão detalhada, o conto é uma tática para que os alunos nunca mais esqueçam. Parabéns pela sua iniciativa de dividir com as pessoas o seu saber!
Grande abraço e que DEUS abençoe!

mlu disse...

muito boa a explicação obrigado..

Anônimo disse...

é orivel!!!!!

Anônimo disse...

poderia ser bem mais explicado, mais e bem legal beijos........

Anônimo disse...

poderia ser bem mais explicado, mais e bem legal beijos........

Anônimo disse...

vou fazer uma prova de concurso sua forma de explicar as coisas e bem mais facil...adorei

Anônimo disse...

Muito bom, vai me ajudar muito para as aulas de Português com meus alunos.

Anônimo disse...

professora paraguai é ditongo tritongo ou hiato?

Anônimo disse...

EU AMEI ESSE SITE, AMANHA EU TENHO PROVA .E A MINHA DUVIDA JA FOI ESCLARECIDA . QUEBROU UM GALHO E TANTO ,AMANHA EU VOU TIRAR UMA NOTA MASSSSSSSSSSSAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

ALLANA disse...

FAZER UMA PROVA SEM TER TENPO PARA ESTUDAR NÃO E FACIL, ENTAO EU RESOUVI FICAR ACORDADA POR MAIS UM TEMPO PARA ESTUDAR.ESTE SITE ME AJUDOU MUITO **** ADOREEEEIIIIIII **** 100% OTIMO!!!!!!! ESTE E UM DOS MELHORES.

Anônimo disse...

HOJE VOU TER PROVA, E AGORA PERCEBI QUE EU ME ESFORCEI BASTANTE E QUE VALEO APENA ,E AGORA NÃO HÁ MAIS DUVIDAS!!!!!!!

Anônimo disse...

Olá professora amei essa explicação poxa vc explica muito bem como gostaria de ter aulas com vc pois nao tinha entendido muito bem a materia e tenho prova amanha (14/03/13:Quinta-feira)e estava lendo as atividades e deu um "branco" e resolvi procurar as (20h e 30mts) kkk muito grata obr pela ajudinha! ",

luiz disse...

Olá professora! Adorei o site.
Tenho uma dúvida: existe encontro vocálico na palavra "quero"? Agradeço pela resposta. Luiz Cláudio.

luiz disse...

Olá professora! Adorei o site.
Tenho uma dúvida: existe encontro vocálico na palavra "quero"? Agradeço pela resposta. Luiz Cláudio.

Andrea Dea disse...

Muito legal seu post! Obrigada e ótimo domingo!

Anônimo disse...

Oi muito obrigada professora!Mas para ficar melhor seria se vc tivesse feito uma videoaula!Mas assim ja deu para entender o conteudo obrigada !!!
tchau...

Anônimo disse...

Nossa, parabéns pelo trabalho é muito bom quando pesquisando na internet nos deparamos com materiais ótimos como este, de fácil entendimento e rico, obrigada você é uma ótima profissional sem dúvidas!

Anônimo disse...

Nunca li sobre esse conteudo de uma forma tão clara e divertida. Obrigada ^^

Anônimo disse...

Ajudou muitíssimo. Para quem tem trauma, até conseguir relaxar rsrsrs. Obrigada!

elindeus souza disse...

Muito bom, nota 10, valeu mano

Leidiane Loiola disse...

Excelente sua explicação, adorei o conto de fadas (dificilmente será esquecido)!
Parabéns pelo trabalho, obrigada por compartilhar este material tão precioso!
Mais uma vez obrigada...

Anônimo disse...

Nossa mto bom!adorei,ja.m.lembrava um poco,mais esclareceu mais e me ajudo a ajudar minha sobrinha!obrigada

 
Contador visitas
Motos